Publicidade

Sudoeste goiano ganha novo impulso econômico com inauguração de subestação de energia, afirma Daniel Vilela

Vice-governador Daniel Vilela acompanhou a cerimônia de entrega do novo complexo de alta tensão na cidade de Jataí, e destacou que "a capacidade energética é primordial para continuidade do desenvolvimento"

10/07/2024 às 04h59
Por: SITE
Compartilhe:
Daniel Vilela destaca entrega de nova subestação de energia de Jataí, como primordial para o estado: "Estamos em condições de receber grandes investidores internacionais, gerando mais emprego e renda para a população". Foto: Jota Eurípedes.
Daniel Vilela destaca entrega de nova subestação de energia de Jataí, como primordial para o estado: "Estamos em condições de receber grandes investidores internacionais, gerando mais emprego e renda para a população". Foto: Jota Eurípedes.

"Jataí está agora preparada e em condições de receber grandes investidores internacionais que querem conhecer as nossas potencialidades, gerando ainda mais emprego e renda para a população do sudoeste goiano", declarou o vice-governador Daniel Vilela, durante inauguração do complexo JK, na cidade de Jataí, nesta tarde desta terça-feira (9/7).

Além da melhoria na qualidade do fornecimento de energia para os cidadãos, o comércio e indústria, principalmente do setor agropecuário, serão favorecidos permitindo que novas empresas sejam recebidas em Goiás. "Estamos superando esse gargalo de falta de investimentos de gestões anteriores. Com essa subestação, garantiremos mais segurança para os negócios e vamos mostrar a pujança da nossa região", enfatizou Daniel Vilela durante discurso na cerimônia de inauguração.

Na ocasião, o vice-governador ainda relembrou a instabilidade de energia em épocas anteriores.  "Os jataienses, assim como o povo goiano, sofreram por muitos anos. Hoje, ficamos todos muito contentes com esse momento. Lógico que nós não vamos parar de pedir novos investimentos e cobrar para que possam fazer as conexões com essa rede e melhorarmos mais."

Ao mencionar a integração dos trabalhos em consonância com os anseios da população, Daniel Vilela assegurou que o Governo de Goiás, sob a liderança do governador Ronaldo Caiado, está comprometido junto à concessionária para atender as necessidades emergenciais do nosso povo.

Composto também por Linha de Distribuição de Alta Tensão (LDAT), a subestação da Equatorial Goiás é estratégica para a distribuição de energia e vai beneficiar mais de 70 mil consumidores de Jataí e cidades vizinhas, como Rio Verde, Serranópolis e Chapadão do Céu. Segundo o presidente da Equatorial Goiás, Lener Jayme, com a ampliação da oferta de energia na região e com os mais modernos equipamentos do setor elétrico, a concessionária "está trilhando o caminho para deixar de ser reconhecida como distribuidora de serviços, para alcançar o patamar de parceiros do crescimento de Goiás."

O presidente da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Edwal Portilho Tchequinho, reconheceu a importância da obra para alavancar a capacidade do Cerrado goiano. "Isso é infraestrutura energética para agregar valor à matéria-prima e dar condições para levarmos o sudoeste Goiano a outros países."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários